Imobiliária de Itupeva
 
Início
A empresa
Como chegar
Itupeva-SP
Cadastre seu imóvel
Contato
 
Ref.:
 
Administração
Locação
Venda
 
Apartamentos
Áreas Comerciais / Res
Áreas Industriais
Casas
Casas Cond. Fechado
Chácaras
Fazendas / Sítios
Galpões
Lançamentos
Salas Comerciais
Terrenos Comerciais
Terrenos Condomínio
Terrenos Residenciais
 
Notícias
Dicionário Imobiliário
Links Úteis
Financiamento
 
Conheça algumas vendas e locações realizadas!
 
Notícias « Voltar
 
Publicada em 09/03/2009 - 14h05min
 

Plano para habitação terá fundo garantidor de R$ 500 mi

 

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, disse hoje que o plano para a habitação terá um fundo garantidor de R$ 500 milhões. Ele explicou que esses recursos devem vir do Orçamento e serão diluídos nos próximos dois ou três anos. Segundo o ministro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu um reforço no programa da habitação.

A ideia é construir 500 mil casas neste ano e outras 500 mil em 2010. A intenção, segundo Bernardo, é praticamente dobrar o número de novas residências em relação ao ano passado, quando foram construídas 290 mil unidades populares. O objetivo é atender quem ganha até R$ 2 mil por mês. Os recursos totais virão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da poupança, além do fundo garantidor.

"Nós vamos fazer um fundo garantidor para dar segurança ao banco e aos mutuários de que o sistema vai funcionar", disse ministro, após balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ele explicou que esses recursos não serão a fundo perdido, porque o governo vai recuperá-los no final do financiamento. Ele admitiu que os R$ 500 milhões terão impacto de despesa no Orçamento, "mas é (um efeito) muito pequeno diante do tamanho do Orçamento".

Bernardo também negou informação publicada na imprensa de que a Caixa Econômica Federal compraria os imóveis. "Não queremos comprar casas, quem compra é o mutuário. A operação será feita nos moldes de hoje, com a Caixa financiando o empreendedor que constrói a moradia", afirmou. Questionado sobre quando seria anunciado o pacote para construção de 1 milhão de casas em dois anos, ele limitou-se a dizer que será nos próximos dias.

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, Paulo Safady Simão, disse que o setor deseja que o governo aplique uma desoneração aos materiais de construção na ponta do varejo. "O importante é desonerar o produto final."

 

Fonte: Estado de S. Paulo

 
Leia Mais:
 
 
+ Notícias | « Voltar | Topo ^
 
Início  |  Itupeva-SP  |  Imóveis  |  Venda  |  Locação  |  Lançamentos  |  Cadastre seu imóvel  |  Como chegar  |  Contato
 
Dona Terra Negócios Imobiliários - CRECI 26005-J - Av. Itália, 540 - Sala 01 - Jd. São Vicente - Itupeva - SP
CEP 13295-000 - Fone: 11 4591.3912 | 11 9 9450-4236 (WhatsApp) | E-mail: contato@donaterraimoveis.com.br
Copyright © 2018 - Dona Terra Imóveis Desenvolvido por JHT

Home